Artigos

12 MAY 2017 | PPCP e Gestão Suprimentos | Sebastião Masin

Área de Compras e a Gestão da Qualidade

Quando as especificações de um produto são liberadas, a área de Compras deve assegurar que elas sejam atendidas pelos fornecedores.

Os produtos a serem manufaturados deverão estar de acordo com estas especificações. Além disto, Compras deve cuidar para que os fornecedores honrem seus acordos em outros pontos; tais como, prazo de entrega, quantidade pedida e preço.

Neste sentido, os compradores precisam refletir sobre a abordagem com relação à gestão da qualidade total na sua forma de trabalhar.

O que é exatamente qualidade?

Literatura neste assunto contém muitas definições dependendo dos autores que as têm escrito. As distinções feitas são relacionadas a conceitos como qualidade funcional, qualidade física, adaptação ao uso e etc....

Uma definição mais comum é: 

O total de especificações e características de um produto ou serviço que atinjam a sua capacidade de satisfazer determinada necessidade. (American National Standards Institute, Moffat et al.1993:40).

Os programas de controle de qualidade são instituídos pelas organizações no sentido de estarem certas se os requisitos desejados estão sendo atendidos.

Isto implica em que toda transação entre cliente e fornecedor estejam de acordo em:

·        Nos requisitos básicos da transação

·        O caminho pelo qual os requisitos são atendidos

·        Como conferir se os requisitos são sendo atendidos totalmente

·        As medidas que serão tomadas quando os requisitos não forem atendidos

Qualidade assegurada, por exemplo, é um importante critério na seleção de fornecedores.


Sebastião Masin
Consultor Supply Chain Management
Formação em Ciências Econômicas pela Fundação Santo André; MBA em Logística Nacional e Internacional pela FSA; Especialização em Gestão Comercial pela GV e Especialização em Gestão Industrial pela Fundação Vanzolini.

« voltar para ver mais Artigos